destaque,

Michael Andretti diz que poderia desafiado Senna em Donington-93. Não ri, ele falou sério!

8/08/2018 F1 Fanático 0 Comentarios


Michael Andretti, atualmente dono de equipes na Indy e na fórmula E deu uma declaração que mostra que competir com a realidade fica cada vez mais difícil para esse site. Ele, que teve uma passagem frustrante na F1 na McLaren em 1993, disse em entrevista ao site da McLaren que tinha totais condições de superar Ayrton Senna, seu companheiro de equipe na McLata, na lendária prova do GP da Europa de 93, que o Senna fez aquele salseiro todo na primeira volta e depois deu até volta nas Williams. veja o comentário dele na íntegra:

"Em Donington, me classifiquei em sexto, e, no warm-up, Senna e eu estivemos entre os mais rápidos. Nunca tive um carro tão bom quanto aquele no molhado. Parecia que estávamos no seco. E foi ali que eu cometi, provavelmente, meu maior erro do ano. Tive uma boa largada, acho que subi para terceiro, e estava tentando passar Wendlinger. Fui ambicioso demais. Acho que ele podia ter me dado espaço, mas não deu, e acabamos batendo. Eu realmente acho que eu poderia ter disputado contra ele [Senna], essa é a pior parte. Meu carro estava bom demais. Eu estava perto dele na largada. Eu ainda me puno por aquilo! Aquele foi o meu maior erro no ano.”

Até imaginei a cena do Senna passando todo mundo na primeira volta e o Andretti atrás e eles trocando posições volta a volta e no fim o Andretti vencendo. Ele que estava tão bem naquelas primeiras corridas, principalmente em interlagos, naquele acidente inesquecível que ele quase se matou e ainda ia levar o Berger junto.

Andretti que fez dezenas de cagadas em 93, acabou demitido antes do fim da temporada. O irônico é que ele foi demitido após sua melhor corrida, onde terminou em terceiro em Monza. Depois ele voltou pra indy e não deixou saudade na F1. Inclusive esse site já falou da inesquecível temporada que ele teve na Fórmula 1. 

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima