destaque,

Michael Latifi explica compra de R$ 1 bilhão em ações da McLaren: 'Se o Lawrence Stroll pode comprar uma equipe pro filho, eu também posso'

5/21/2018 F1 Fanático 0 Comentarios


Parece que está virando moda na F1. Após Lawrence Stroll despejar rios de dinheiro na Williams para que seu filho Lance corresse nela, agora outro pai bilionário de um piloto de F1 está de olho em uma vaga para o futuro de seu filho. Michael Latifi, bilionário do ramo alimentício radicado no Canadá comprou 230 milhões de euros- 1 bilhão de reais - em ações da McLaren. Ele é pai de Nicholas Latifi, piloto da F2. Ele explicou o motivo da compra:

"Se o Lawrence Stroll pode comprar uma equipe, eu também posso, afinal eu sou muito mais rico do que ele. Eu só não fiz isso antes para o meu filho não ficar pulando etapas e ser chamado de manetão. ele vai chegar na McLaren na boa, até porque não quero meu filho sofrendo na Force India, onde ele é piloto de desenvolvimento" disse Michael

O único entrave são os outros acionistas da McLaren, os árabes que cagam dinheiro Mansour Ojjeh e o fundo de investimento soberano do Bahrein: "Eu sei que vou ter um pouco de trabalho, mas eles vão entender. Se tivesse algum piloto barenita ou saudita, eles iam querer por na McLaren. E meu filho é canadense e é bom, ao contrário do Lance..."

Nicholas Latifi está em sua terceira temporada na divisão de acesso na F1, e venceu apenas uma corrida, em 2017 onde terminou em quinto no campeonato. No campeonato atual da F2, ele está em nono. Então torcedor da McLaren, esqueça o nome do Lando Norris e anote o nome do Latifi os próximos anos! 

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima