destaque,

Procura por psicólogos aumentou 95% após o fim da temporada de F1, aponta estudo

12/01/2017 F1 Fanático 0 Comentarios


Um problema médico vem afetando centenas de pessoas pelo mundo nesta semana. Com o fim da temporada de F1, os psicólogos tem visto um aumento estrondoso de pessoas querendo s consultar para se livrar de um problemas que já tem nome entre os profissionais do ramo: Depressão pós temporada:

"Uma procura muito grande nessa semana de vários fãs de F1 que chega a assustar. Vários com as mãos trêmulas, chorando enquanto come sorvete e ouve 'all by myself', dizendo que ver corridas antigas no youtube não tem adiantado para conter essa tristeza que outra corrida agora só em março " Explicou a psicóloga Paula Tejando

Ela explica os sintomas dessa depressão: "Quando a pessoa fica visitando muitos sites automobilísticos, fica arrumando discussão sobre a temporada em fóruns de automobilismo, ou fica visitando sites húngaros para pegar fotos,Sem contar aqueles que escrevem sobre F1 o ano todo e depois ficam inventando posts idiotas para aliviar a falta da F1. Esses são sinais claros de que a pessoa está sofrendo uma abstinência grave de F1, o que causa a depressão. E o pior é que todo ano é isso e eles não se acostumam."

Esse mal aparentemente não tem solução, pois a medicina não avançou a esse ponto: "Nós receitamos que o paciente saia, veja a luz do sol, tente se desligar um pouco da F1. Afinal janeiro começam as as apresentações dos carros e...se bem que ano que vem tem o Halo,né? Esse negócio de depressão vai render" concluiu

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima