Chanoch Nissany,

Por onde anda? Chanoch Nissany, o ' pior dos piores'

12/14/2017 F1 Fanático 0 Comentarios

 
O israelense Chanoch Nissany tem uma história deveras curiosa. Radicado na Hungria, Nissany era um bem sucedido empresário no país e cheio da grana, tinha como hobby o automobilismo.Pois bem, em 2002, aos 38 anos, ele pensou em seguir seu sonho de ser piloto profissional. Começou na F-2000 húngara e já em 2002 ficou em segundo lugar. em 2003, ele foi campeão - o que não é de esperar muito, até porque você lembra de algum piloto húngaro sem ser o Zsolt Baumgartner?

em 2004, ele foi bicampeão e entrou no modo EMPOLGOU. Assinou com a Coloni para as últimas provas da última temporada da F-3000. Ele abandonou em Hungaroring e Spa, e em Monza, ficou na décima segunda colocação. Aproveitando da sua carteira cheia, resolveu entrar de cabeça no mundo da F1. começou a pagar testes para as equipes falidas do certame, Jordan e Minardi, para conseguir a tão sonhada superlicença para quem sabe, entrar na F1.


Mas se da F2000 húngara para a F-3000 já foi um salto muito grande, imagina salta para F1. Chanoch nem queria saber e em 2005 e aos 41 anos, virou piloto de testes oficial da Minardi. E ele fez sua função, testando em Misano, onde em um lendário teste ele rodou 6 vezes em cinco voltas causando duas bandeiras vermelhas.

Mas ele não desistiu. E com o poder da grana persuasão, Nissany conseguiu sua chance de ouro: disputar um treino livre e se tornar o primeiro israelense a participar de um final de semana da F1.Ele conseguiu sua superlicença na semana do GP da Hungria, pista que ele conhecia bem e no país onde ele era popular por causa dos títulos da F-2000 húngara, e poderia disputar o treino livre, que seria no dia do seu aniversário de 42 anos. tudo perfeito,né?


Mas a vida não costuma ter final feliz, sinto-lhe informar. Ao entrar para o treino e acelerar, Nissany viu do que o um formula 1 é feito. Dizem que pelo rádio, ele reclamou que o carro estava muito potente e ele não estava conseguindo segurar. uma Minardi com muita potência era muito surreal,não acham? 

Chanoch fez 8 voltas cronometradas e seu melhor tempo foi 13 segundos mais lento do que o tempo mais rápido, o de Alex Wurz da McLaren. Detalhe: Quando ele rodou e seu carro parou na caixa de brita, ele permaneceu no carro, que foi rebocado com ele no cockpit. O motivo? Ele não sabia como tirar o volante e ficou naquela posição até alguém da Minardi vir lhe socorrer.

Depois desse dia, onde ele foi mais ridicularizado do que o povo brasileiro por político, ele fez mais alguns testes e voltou para sua querida F-2000 húngara, onde correu até 2014 onde ele foi pentacampeão da categoria.

Com apenas um treino livre, Nissany ficou com um recorde na F1, sendo o piloto mais velho a participar de um final de semana de F1, com 42. Esse recorde foi quebrado por Michael Schumacher, que correu até os 43 anos

Considerado um dos piores pilotos da história da F1, Chanoch Nissany traz o questionamento: Ele foi lá e realizou o sonho dele., mesmo sendo um manetão. Será que você, se tivesse muita grana e uma oportunidade,não faria o mesmo? Eu faria, mesmo que fizesse muita merda na pista, poderia dizer que pilotei um F1.


Ah, Chanoch atualmente cuida da carreira do filho, Roy. que correu a última temporada na F-V8 3.5 e terminou em quinto lugar.

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima