curiosidades,

Como era a F1 na última temporada que não teve um brasileiro no grid?

11/07/2017 F1 Fanático 0 Comentarios

No longínquo ano de 1969, a F1 não tinha um brasileirinho sequer para lutar contra esse mundão todo. De 1970 até 2017, sempre tivemos um brazuca para torcer ou zoar com a cara dele quando ele ia mal. Duvido que alguém se lembre como era a F1 em 1969, a não ser o Bernie que já tinha 345 anos na época, mas vamos relembrar fatos marcantes dessa temporada



- Primeiro título do Jackie Stewart

Sim, aquele coroa que sempre aparece de Kilt nos Gps de F1 já foi jovem e ganhou seu primeiro título de F1 em 1969. E de uma maneira bem fácil, vencendo seis das onze corridas. Anos depois ele teria como grande rival um tal de Emerson Fitipaldi...

- Ken Tyrrell não era dono de equipe, só o chefe da equipe Matra


Sim, tio Ken ainda não era dono de equipe, era apenas chefe da equipe Matra, que saiu da F1 em 1969. Com isso, Ken Tyrrell pegou todo o espólio da equipe e seu motor ford para criar sua própria equipe que estreou em 1970 e por incrível que pareça ela era boa, não aquela draga que terminou em 1998...

- Bernie era só o manager do Jochen Rindt

Essa é surpresa para muita gente,hein? Bernie estava começando a adentrar na F1, e ele entrou como manager de Jochen Rindt, austríaco de quem ficou grande amigo. Foi Bernie que disse a famosa frase: "Se você quiser ser campeão você tem mais chances na Lotus do que na Brabham; Se quiser continuar vivo, melhor continuar na Brabham do que ir pra Lotus"

A morte de Rindt em 1970 marcou muito Bernie, que depois jurou nunca mais ficar tão amigo de um piloto e ele raramente falou sobre o assunto em entrevistas posteriores. Em 1972, Bernie estreava como chefe de equipe, com a Brabham.

- Frank Williams estreava na F1

Tio Frank estreou na F1 em 1969, com sua equipe Frank Williams Racing Cars. Frank comprou um Brabham BT26 dizendo a Jack Brabham que iria correr na Tasman Series, mas ele iria era para a Fórmula 1. Piers courage, seu grande amigo, foi quem dirigiu o bólido em 1969. Essa equipe do Tio Frank durou até 1975. A Williams que conhecemos hoje existe desde 1977

- O pessoal tava começando a curtir esse troço chamado Aerodinâmica e fazendo os lindos carros ficarem escrotos


1969 as baratinhas estavam ganhando apetrechos como aerofólios e spoilers, só que de uma maneira bem arcaica, deixando eles bem escrotinhos. em 1970 eles melhorariam, mas ainda sim precisavam ser mais estudados pois os números de acidentes mortais aumentaram muito nos anos 70 por causa disso.


- Bruce McLaren e Jack Brabham corriam


Já veteranos, Bruce McLaren corriam e andavam bem até. Bruce ficou em terceiro no campeonato e Brabham, em sétimo. Infelizmente este seria o último campeonato completo de Bruce, que morreria em em 1970. Brabham ainda disputaria a temporada de 1970, antes de se retirar das pistas.

- Al Pease foi desqualificado do GP do Canadá por ser lento demais


Sim, foi em 1969 a prova lendária de Al Pease que estava tão lento na pista, mas tão lento, que ele foi desqualificado! Entrou para história o menino Al, que faleceu em 2014 sendo o único que foi desqualificado de uma corrida de F1 por ser lento demais

- Não tivemos mortes na F1 nesse ano (E o Gehrard Mitter?)

Tecnicamente não tivemos mortes no grid em 1969, mas no GP da Alemanha em Nurburgring os carros da F2 foram incorporados ao grid e Gehrard Mitter sofreu um acidente fatal nos treinos. Sua equipe BMW se retirou da corrida após a confirmação da morte do alemão

- Ayrton Senna só tinha nove anos

Senna tinha nove anos, estudava e ficava vendo National Kid na TV e andando de carrinho de rolimã em 1969. Só coloquei isso, pois ficar citando o Ayrton Senna dá ibope e então vai um monte de viúva entrar e ver esse post.

Sem contar que 1969 o Brasil 

- Era Bi mundial de futebol
-  a Ditatura comia solta no lombo dos outros  
- Não existia campeonato brasileiro, só um tal de Roberto Gomes Pedrosa
- a Vera Fischer foi a miss Brasil daquele ano
- O Jornal Nacional estreou em 69
- Sua Avó era um chuchuzinho e seu avô era um pão

Enfim, pacheco, prepare-se que em 2018 você vai ter que escolher outro piloto para torcer (que com certeza será o Hamilton, já que ele é fã do Senna e já estão dizendo que ele é inglês com alma brasileira...)


Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima