Por Onde Anda

Por onde anda? Philippe Alliot, o 'De Cesaris sem grife'

2/12/2017 F1 Fanático 0 Comentarios



Existem pilotos que nasceram com um dom para porrar um muro. E o francês Philippe Alliot parecia que tinha um imã no bico do seu carro que fazia querer beijar o muro constantemente. Seu maior problema é que ele foi contemporâneo do maior acertador de guard-rails de todos os tempos, o mítico e lendário Andrea De Cesaris, o que fez o pobre francês da grande genial geração francesa na F1 de Erik Comas, Pierre-Henri Raphanel, Jean-Denis Delatraz, entre outros,  ser esquecido pelos seus notáveis feitos

Após um terceiro lugar nas 24 horas de Le Mans, ficando de penetra no carro de Michael e Mario Andretti, Alliot, que terminou a F2 na honrosa décima segunda colocação, conseguiu um lugar na também gloriosa equipe RAM aos 30 anos, que tinha o patrocínio da Skoal Bandit, que eu vi pela primeira achando que um dia a Skol teve uma embalagem verde exaltando os bandidos. Mas na gloriosa equipe, Alliot conseguiu a proeza de completar apenas quatro corridas das 30 que participou. A equipe fechou e o francês acabou ficando a pé

Com isso, ele teve que ir para novíssima Fórmula 3000, onde ele estava na nona posição no campeonato quando ele recebeu a ligação de Guy Ligier chamando o francês para substituir Jacques Lafitte que teve a sorte de quebrar as duas pernas na largada da corrida em que ele se tornou o recordistas em GPs. E com essa chance caindo no colo dele, ele foi para cima, completou apenas 3 das 7 corridas, mas ao menos conseguiu seu primeiro ponto na Fórmula 1, um sexto lugar no GP do México.

No ano seguinte, sua vida mudou, ele foi para Larrousse, aquela equipe que não sabia combinar cores no seu carro e no macacão dos pilotos,  e foi lá que ele viveu seus momentos mais marcantes na F1, algo que deixou sua marca na categoria mór da F1, um acidente lendário no GP do México, que você mil vezes e mil vezes você irá se perguntar: " COMO ESSE CARA SOBREVIVEU?" E o pior é que ele quase matou de susto todo o Pit crew da Lotus no acidente, certeza de que todos ali se borraram no momento que o Alliot veio capotando e jogando terra para todos os lados. Com certeza você já viu esse vídeo, mas veja de novo e pense como ele sobreviveu: 

Em três anos na Lola Larrousse, ele conseguiu quatro pontos, ficando em sexto lugar quatro vezes. Com essas atuações incríveis, a Ligier chamou de novo o Alliot para fazer história. Ou pelo menos para ser falado na TV Britânica, onde o ex-piloto, comedor e  comentarista na época James Hunt "adorava" Alliot, que ele falava que ele era "um dos piores pilotos de corridas a pilotar em Grande Prêmios". Na Ligier, ele foi muitíssimo bem. Zero pontos e ele ficou sem lugar na F1, uma grande injustiça

Mas injustiças pararam quando ele foi para o campeonato de protótipos e ele foi ser chefiado por ninguém mais ninguém menos do Jean Todt na equipe Peugeot, onde ele se achou e conseguiu mais dois terceiros lugares nas 24 horas de Le Mans. Em 1993, a Larrousse resolveu chamar Alliot de volta, ele já com 38 anos e o que acontece? Ele vai lá e faz um quinto lugar em San Marino, levando todo o publico à loucura!(mentira) Melhor resultado da carreira desse rapaz e que ficou só nisso mesmo em 1993.

Em 1994 Alliot vira piloto de testes da McLaren graças ao fornecimento dos motores Peugeot à escuderia inglesa. e aos contatinhos que ele tinha na montadora francesa. E não é que o Mika Hakkinen ganha uma prova de suspensão,por causa do acidente causado na largada do GP da Alemanha, fica proibido  de disputar o GP da Hungria e sobra para ele, nosso querido Alliot, para poder dizer aos seus netos que correu na McLaren. Mas ele abandonou. Na corrida seguinte, em Spa Francorchamps, Alliot substituiu o também lendário e monegasco Oliver Beretta na Larrousse (é quase um homem Larrouse, esse Alliot) e também abandonou encerrando ali sua inestimável carreira na F1.


No pós F1, Alliot tentou seguir carreira política, mas foi batido nas eleições (Tudumpsss). Ele tem uma equipe de GT e um circuito na França. E é muito fácil encontrá- lo em sua pista, é só você chegar e perguntar para alguém: "Cadê o Philippe?" você receberá a resposta: "Ali, ô" (Tudumpsss 2)



Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima