Por Onde anda? Giedo Van Der Garde, o 'Tretêro'


Tem piloto que faz de tudo para estar na fórmula 1 e faz um tremendo barraco se não consegue. O holandês Giedo Van der Garde, nascido em 25 de abril de 1985, é um deles. Em 2000, ele se destacou na formula Renault e conseguiu uma vaguinha na academia de jovens de pilotos da Renault. Dividindo o tempo entre o kart e os monopostos, foi campeão do mundo de kart em 2002.

Em 2004, foi para Formula 3 euro e terminou o campeonato em nono. Aí a Renault viu que ele não era tão bom assim e o dispensou de sua academia. Em 2005, foi correr no Team Rosberg (equipe do seu Kekão) e ficou em nono de novo. Em 2006 era para ser o seu ano, pois ele foi para a equipe que tinha dominado o campeonato de 2005, vencido por um tal de Lewis Hamilton. Mas tendo como companheiro de equipe um Tal de Sebastian Vettel e de Paul di Resta, que fez o holandês terminar na sexta posição. Como consolo, ele se tornou piloto da academia de jovens da McLaren e assinou um contrato para ser piloto reserva da gloriosa Super Aguri para 2007.


E aí começa a treta. Em fevereiro a equipe holandesa Spyker estreava na F1 e Van der Garde foi anunciado como piloto reserva. ele que foi para a World Series para ser companheiro de equipe de um desconhecido Sebastian Vettel, tinha um contrato vigente com  Super Aguri e aí o caldo desandou. Um imbróglio na justiça só deixou Van Der Garde exercer a função de piloto de testes só em junho de 2007. Na World Series, mesmo com a saída de Vettel para F1, ele não desencantou e ficou em sexto no campeonato.


A vida amorosa ia bem e ele casou com a herdeira da empresa de roupas McGregor. E como o sogrão gostava muito de corridas e do seu genro, ele tinha sempre aquele patrocínio maroto para ajudar Van der Garde. Ele se manteve como piloto de testes da nova Force India, que tinha comprado a Spyker e em 2008 ele foi campeão da World Series, batendo o inestimável Julien Jousse com duas corridas de antecedência.


Em 2009, Van der Garde não conseguiu abrir as portas da F1 com o título da World Series e assinou com a GP2, onde ele ficou quatro longas temporadas. E quando vemos que um piloto fica quatro temporadas na categoria de acesso da F1, é porque ele é ruim à beça. Em 2012, sua sorte mudou, pois ele voltou a ser piloto de testes, pela terceira vez, agora na Caterham, que já estava desesperada por grana.


Em 2013, ele virou piloto titular e finalmente estreou na F1 aos 28. Seu contemporâneo e """"rival"""", Vettel, já era tri mundial. Ele brilhou no voltante da Caterham conseguindo o seu melhor resultado, um décimo quarto lugar no GP da Hungria. No campeonato, só ficou a frente do glorioso Max Chilton. Seu grande feito em 2013 o lhe proporcionou a alcunha de 'DeVaGarde'

Em 2014, ele virou piloto de testes pela quarta vez, agora da Sauber. E aí vem a outra treta, que ficou mais conhecida. Van der Garde tinha um contrato com a Sauber que lhe daria a posição de titular em 2015. Mas Marcus Ericsson e Felipe Nasr apareceram com um caminhão de grana e a Sauber não pensou duas vezes em assinar com os dois e deixar Van Der Garde a pé. Só que o holandês é 'tretêro', não quis ficar assim e foi para o pau, melhor dizendo para os tribunais, reclamando de quebra de contrato.


E ele conseguiu vencer na justiça, na semana do GP da Austrália de 2015 e na sexta feira ele apareceu vestindo um macacão da Sauber e dizendo: "vou correr nessa p*rra" Mas a Sauber guardou todos os seus carros, dispensou os mecânicos e assim, ele ficou a pé. Tio Bernie teve que interceder a situação e assim Nasr e Ericsson disputaram a prova. Depois Van Der Garde e Sauber chegaram a um acordo, com o holandês abdicando de sua vaga ganha na justiça por módicos 16 milhões de dólares. Após toda a confusão, Van Der Garde afirmou que fez tudo isso para mostrar ao mundo a situação dos pilotos, que por muitas vezes não tem o seu contrato honrado.

Em 2016, Van der Garde foi campeão europeu da Le Mans Series na categoria LPM2 e disputou as 24 horas de Le Mans, abandonando a prova. Em 2017 ele vai estar na categoria de novo e ainda está fazendo o papel de Coaching do jovem piloto da GP3 Stechin Schothorst. Ele também é um ótimo comentarista de corrida do twitter, recomendo o seguirem por lá

Após reclamar que era impossível ultrapassar, Hulkenberg descobre que a culpa era do seu carro


Nico Hulkenberg fez pesadas críticas aos carros de 2017, reclamando que 'era impossível ultrapassar o carro da frente devido a enorme turbulência' ao Tentar passar o Esteban Ocon e garantir um pontinho para a Renault. Mas após analisar os dados, Hulk viu mesmo que o problema era o seu carro:

"Eu achei que o problema era do novo regulamento, mas depois ver que com os pneus ultramacios não consegui passar o carro da frente com supermacios, é que o carro onde estou está muito ruim" Explicou Hulkenberg

"E o pior é que só eu pra passar dados para equipe, porque o Jolyon e nada, são a mesma coisa. Acho que em 2019 devo disputar pontos se seguir nesse ritmo de evolução da Renault. Talvez se eu tivesse com um Sandero seria mais rápido" concluiu

Jean Todt responde críticas sobre falta de ultrapassagens: 'Ou era mais velocidade ou mais ultrapassagens. as duas coisas não dá'


Após a estreia do novo regulamento, a FIA não entende tantas reclamações dos fãs por falta de ultrapassagens. Por isso, Jean todt, presidente da FIA, emitiu um comunicado se posicionou contra o mimimi contra a procissão que foi o GP da Austrália:

"Os fãs sempre pediam mais velocidade e menos ultrapassagens artificiais. Em 2017 realizamos o desejo dos fãs e agora eles querem mais ultrapassagens. Nesse novo regulamento, decidimos entre mais velocidade. Que vão reclamar com os pilotos sobre ultrapassagens" Exclamou Jean Todt

"Há 20 ou 30 anos atrás, quase não tinha ultrapassagem, 50% dos carros não completava a corrida e ninguém reclamava nessa época. Agora qualquer mudancinha vão pro twitter ficar dizendo 'ainnn que corrida chata ninguém ultrapassa'."

Todt não descarta futuras reuniões para mudança de regulamento para melhorar a aerodinâmica, mas com uma condição: "Só se a Ferrari concordar"

GP da Austrália em fotos

Faltou alguém deixar a segunda e a terceira fileira mais centralizados na foto. Só dizendo...
 "Fica de olho nesse teu C* negão, que eu tô chegando"

 Recomendo a dupla da Force India tirar essa camisa para não correr o risco de ser rebaixada....#CLUBISMO

 A FERRARI ACERTOU A ESTRATÉGIA! EU NEM ACREDITO!

 Tá fazendo essa pose com o engradado de latinha de cerveja só porque o Kimi virou pai de família agora...

 Vandoorne faz aniversário hoje e ganha de presente da McLaren o MCL32. E não pode devolver!

 Tatuar a foto do filhão é muito pai de família, Kimi, que está rumo a virar o tiozão letra C. 

 E a Williams fez o pitstop mais rápido de novo. Quando o Rob Smedley não comanda um setor dá nisso.

 "Então Giovinazzi, você correu muito bem com nosso carro horrível. Se você quiser correr mais vezes, só vai precisar de uns milhões de Euros. Você teria?"

 Você sabe que as coisas estão muito erradas no mundo quando vê que o Ericsson em fãs

 "Ano que vem eu vou vir aqui e de novo vai ter essa história de Tabu,Tabu..."

 Alonso quase fez milagre na corrida. Já tem gente até orando para ele fazer mais 19 milagres em 2017!

 E dizem que Alonso agora tranca o c* toda vez que vai dividir essa curva com outro carro. Não sei porquê... =P

 "O que é Copa Jim Clark que meu pai tanto fala" PESQUISAR

 E o Stroll não fez cagada para tristeza de muitos. Faltam mais 19 tentativas para isso.

 Quem fez cagada foi o Mag-ruinssen. Começou bem o garoto na Haas!

 "Eita que a Patroa vai gostar dessa saladeira!"

 " Diga para todo mundo Vettel o quanto você sente minha falta te escoltando em segundo enquanto você ficava em primeiro"

 A Force India deu uma divada básica nesse final de semana. Ao menos pontuou com os dois carros

 Mas já sacamos que esse negócio de carro rosa é só para trazer gostosas para divulgar o carro. É que nem aquele cara que se finge de gay para pegar as muié. ESTAMOS DE OLHO

 O Exato momento que perguntam ao Vandoorne se vai dar pra pontuar com a McLaren

 Então é isso aí, até a próxima sessão de fotos!

BÔNUS:
Finlandeses, sempre muito falantes!

Fotos: XPB Images

Alonso afirma que fez a melhor corrida da vida na Austrália e McLaren pensa em canonizá-lo


Fernando Alonso teve mais um capítulo do seu calvário na F1. No último GP da Austrália, ele ficou boa parte da corrida em décimo e se não fosse um problema no carro que o fez abandonar no fim da prova, ele poderia ter pontuado heroicamente. Alonso afirmou que esta foi a melhor corrida da vida dele, pois deu tudo de si tendo um carro mais lento do que relógio no último dia útil da semana. Por Isso, a McLaren iniciou a juntar as papeladas par ir ao Vaticano e canonizar o espanhol:

"O que o Alonso fez é um milagre. Com um carro que tem um motor mais fraco do que um Del Rey a Álcool no inverno e que tem oito marchas rés, e que bebe combustível como o Kimi bebia nos velhos tempos ele ter ficado em décimo em boa parte da corrida, foi um milagre. Santo e´o nome de alonso!" Afirmou Eric Boullier, chefe da McLOLren.

Até os fãs mais xiitas do Alonso ficaram admirados em ver o espanhol levar esse cocô sobre rodas quase aos pontos: "A gente sempre diz que ele pilota mais do que o carro, mas dessa vez foi nítido. Se o Alonso tivesse andando de bike do que de McLaren Honda tinha pontuado. Louvado seja  Magic Alonso!" Afirmou, após dar uma saraivada de tiros para o alto,  um fã xiita que não quis se identificar.

Fontes de Fontana de Trevi afirmam que Papa Francisco afirmam que Alonso seria canonizado na hora se ele pontuasse. Mas como não conseguiu, o vaticano quer mais provas. "Se ele pontuar com esse lixo de carro, as chances dele ser canonizado são boas. Mas se for ao pódio com essa McLaren ele vira santo na hora e Papa Francisco cede o seu lugar para Alonso" Confirmou a fonte.

Toto Wolff lamenta erro na estratégia de Hamilton e avisa: ' Não pediremos mais dicas a Rob Smedley'


Toto Wolff estava desolado após o fim do GP da Austrália. Crente que iria vencer de braçada, viu a vitória do seu protegido Lewis Hamilton se acabar após um erro de estratégia que o deixou preso atrás de Verstapinho. Mas Wolff explicou o porque do erro:

"Ficamos em dúvida na hora de trazer Hamilton para os boxes, quando o Smedley passou por nós e disse: A hora é agora. Ele, que é o gênio das estratégias, falando isso, não pensamos duas vezes. Após não conseguir tirar o Hamilton atrás do Verstapinho. Agora entendemos porque ele está mais afastado das funções da Williams"Explicou Wolff

O chefão da Mercedes ainda explicou que não aceitará mais dicas de Smedley, mas com isso tem um problema: "A Gente tinha um carro tão bom que a gente nem se preocupava com estratégia. Agora, a coisa é diferente. Os engenheiros vão ter que fazer um intensivão nessas duas semanas até o GP da China senão estamos lascados. Até a Ferrari tá acertando estratégia!' Concluiu

Presidente da Ferrari comemora vitória e avisa que irá soltar do cativeiro a mãe dos engenheiros da equipe


Após a vitória da Ferrari, tudo é alegria para os lados de Maranello e também da Sicília. Sergio Marchionne, presidente da Costa Nostra sobre rodas, comemorou muito a vitória e a importância de vencer a Mercedes. A felicidade é tanta que Marchionne já deu uma importante notícia para os engenheiros da equipe:

"Já era hora da Ferrari mostrar sua força perante aos nossos inimigos. Estou tão feliz pela vitória que eu já pedi para liberar do nosso spa  que fica trancado e sem direito a visitas, todas as mães do queridos engenheiros que trabalharam duramente nessas férias, temendo pela vida de suas progenitoras fazendo da Ferrari grande novamente." Declarou.

Mas a liberdade das mãezinhas dos engenheiros não está 100% garantida: "O campeonato é muito longo, e queremos manter esse nível. Então a qualquer momento elas serão convidadas a visitar nosso Spa por livre e espontânea pressão" concluiu
Página inicial Proxima